O que visitar no Uzbequistão

O Uzbequistão tem muitos lugares lindos para visitar, os quais nos levam para tempos passados através da constituição das cidades que ainda hoje se mantém, tal como através dos seus monumentos, que nos permitem parar no tempo. Este país tem tido um cuidado especial em preservar o seu património arquitectónico.

O seu povo usou a construção de edifícios, os quais imponentes para mostrar a riqueza cultural aqui existente, tal como marcou uma posição de grandiosidade das dinastias que se encontravam no activo, assim como de famílias influentes e do alto clero, perante outros povos e outras nações.

As cidades, quem as avistava de longe, contemplava-as com imensas fortificações, as quais possuíam torres semi-circulares e enormes portões, que sinalizavam as entradas para estes complexos citadinos.

Havia sempre uma torre de vigia a funcionar, sendo que as portas das cidades eram fechadas de noite, a fim de manter a população em segurança de possíveis ataques externos.

Nas ruas, encontramos ruas cheias de movimento, as quais estão repletas de lojas com imensos produtos diversificados, assim como de produtos feitos à mão por artesãos cheios de primor.

Os mercados, locais muito importantes no quotidiano dos uzbeques, são mais conhecidos por tag, bazaars ou tim, os quais significam passagem comerciais, ou charsu, que significa encruzilhada. São indispensáveis de conhecer, uma vez que aqui conhece a cultura uzbeque de uma forma directa.

O que visitar no Uzbequistão

Visitar o Uzbequistao

Visite a Mesquita de Sexta-Feira ou Masjid-i Juma em Tashkent, a Mesquita Oratório ou Namazgah, a Mesquita Kalan em Bukhara, a Mesquista de Vizinhança ou a Mesquita Baland em Bukhara. Todas elas são exemplos arquitectónicos maravilhosos e de tirar o fôlego a qualquer um.

Outros exemplos de arquitectura incríveis são as Madrassas, ou local de ensinamentos islâmicos, que poderá visitar: Kukaldash, Baraq Khan em Tashkent, assim como Madar-Khan, Abdullah Khan, Kukaldash, Abdul Aziz Khan e Nadir Devan Begi em Bukhara e Sher-Dor e Tilla-Kari em Samarkan.

Não deixe de visitar a Cidade de Khiva, que segundo a lenda, foi fundada por Sem, o filho de Noé e onde escavou o poço de Keivah, onde também poderá conhecer a cidade Ichan Kala, um excelente exemplo da arquitectura muçulmana da Ásia Central.

O Mar de Aral é um antigo lago de água salgada, que pelos motivos menos positivos, tornou-se uma atracção turística. O quarto maior lago do mundo viveu uma das maiores catástrofes ambientais, devido aos quimicos despejados diariamente nos anos 60, provenientes da indústria do algodão.

Visite Moynaq, o antigo porto situado a Sul deste mar que transformou-se num cemitério de barcos – num relevo mais parecido a um deserto. Bukhara, é das cidades que deve conhecer obrigatoriamente.

Um dos pontos estratégicos da Rota da Seda e dos antigos reinos da Pérsia, é uma cidade que respira os tempos de outrora através de ruelas que nos encaminham a incríveis Madrassas e Mesquitas magníficas.

Ukhum tem lugares lindíssimos, nomeadamente a zona do Lago Aydar, onde é possível acampar e apreciar uma especial obra da natureza.

O Lago Orom, localizado fora de Tashkent, atrai muitos visitantes por ser bastante agradável para relaxar nos meses de Verão.

No interior do país, numa zona rural, existe a aldeia de Katta Langar, localizada mais propriamente nas montanhas, repleta de casas de barro. Aqui, podemos visitar o mausoléu de Mohammed Sadik, que data o século XVI, onde podemos avistar uma paisagem de cortar a respiração.

Mercado em Fergana
Mercado em Fergana

Não deixe de ir também a Fergana, cidade fundada pelos Russos no século XIX, como uma colónia militar. Aqui poderá conhecer a Fortaleza de Fergana, o Museu Regional e claro, o colorido e bastante movimentado bazaar, situado no centro da cidade.

BANDEIRA UZBEQUISTAO

Património Mundial da UNESCO no Uzbequistão

1

Itchan Kala de Khiva

2

Khiva Uzbequistao

2

Centro Histórico de Bukhara

3

Centro Histórico de Shahrisabz

4

Samarkand

5

Montanhas Tien-Shan

Ler mais:

Roteiro de 2 semanas para Visitar o Uzbequistão

Nukus e Mar de Aral – Roteiro de 3 dias, Uzbequistão

Nukus e Mar de Aral – Roteiro de 3 dias, Uzbequistão

Roteiro de 2 Semanas
Nukus fica no oeste do Uzbequistão, junto à fronteira com o Turquemenistão, numa área remota e com pouca densidade populacional....
Read More
Khiva – Roteiro de 2 dias, Uzbequistão

Khiva – Roteiro de 2 dias, Uzbequistão

Roteiro de 2 Semanas
Khiva é uma das três cidades clássicas do Uzbequistão e apesar de parecer um pouco remota quando observada num mapa...
Read More
Urgench – Roteiro de 1 dia, Uzbequistão

Urgench – Roteiro de 1 dia, Uzbequistão

Roteiro de 2 Semanas
Urganch não é uma cidade especialmente interessante e por vezes é nisso que reside o interesse de um local. Não...
Read More
Bukhara – Roteiro de 2 dias, Uzbequistão

Bukhara – Roteiro de 2 dias, Uzbequistão

Roteiro de 2 Semanas
Bukhara é considerada uma das cidades mais sagradas da Ásia Central e nas suas ruas encontraremos edifícios com mais de...
Read More
Samarkand – Roteiro de 3 dias, Uzbequistão

Samarkand – Roteiro de 3 dias, Uzbequistão

Roteiro de 2 Semanas
Samarkand será porventura a cidade mais famosa do Uzbequistão, o local para onde navega o imaginário do ocidental quando lhe...
Read More
Tashkent – Roteiro de 2 Dias, Uzbequistão

Tashkent – Roteiro de 2 Dias, Uzbequistão

Roteiro de 2 Semanas
Tashkent é a capital do Uzbequistão, uma cidade com cerca de dois milhões e meio de habitantes com uma particularidade:...
Read More

O fim da viagem pelo Uzbequistão

De Nukus poderá regressar a Tashkent. A Uzbekistan Airways opera dois voos diários entre Nukus e a capital.

Se preferir poderá apanhar um dos dois comboios semanais que aqui passam, seguindo para Tashkent via Samarkand.

A viagem é parcialmente nocturna, com partida às 15:29 e chegada a Tashkent no dia seguinte pelos 9:27. O preço do bilhete para  uma cama neste comboio é de 115.000 UZS.

Se conseguiu o visto para o Turquemenistão se vai visitar seguidamente aquele país, os táxis para a fronteira custam cerca de USD 20 e demoram entre duas a três horas para lá chegar.